IMG-20210426-WA0059_edited_edited.jpg

NOSSA

HISTÓRIA

A Viver Marcial nasceu em 2014 no objetivo de reunir informações e conhecimentos referentes às artes marciais tradicionais. Iniciamos nossos estudos nas mais diversas artes, a fim de conhecer melhor o que cada arte marcial tem a passar com toda a sua história e filosofia. Não praticamos essas artes marciais, mas estudamos a fundo, realizando pesquisas, conversando com outros praticantes, professores e mestres discutindo conceitos estratégicos e etc. Éramos um blog, porém parei com as atividades para focar na minha formação no Hung Gar.  

Um certo dia, conversando com meu pai (Carlos) e meu primeiro professor de artes marciais, comentei com ele a dificuldade que era conseguir armas para treinar Kung Fu aqui no Ceará (Brasil) . Além de não existir lojas aqui, a única saída era comprar em outro Estado ou na própria China que não era o meu caso. Então meu pai, sempre fabricava de forma artesanal todos os meus equipamentos, e quando falo artesanal era realmente de fato artesanal, como matérias primas às vezes com resto de cola por exemplo, assim foi feito meu primeiro Lien Tie Kwan.


Até que abri minha primeira escola de Kung Fu por conta própria e juntos derrubamos a frente da nossa casa com o apoio total de minha família. Aos poucos fui estudando mais sobre armas chinesas pois meu pai tinha todo o prazer em fabricar (ele sempre gostou mesmo de verdade!). Sempre que minha Mestre Renata Balestrini vinha a Fortaleza (Ce- Brasil), nos jantares (sempre jantamos e almoçamos com ela), eu sempre perguntava sobre armas, tudo que eu podia perguntar, sugar de conhecimento dela eu realmente no pouco tempo disponível que tinha pois era muita gente perguntando coisas totalmente diferentes à ela. Minha Mestre é um poço de conhecimento, porém em um jantar perguntei sobre o facão e ela me deu um dos ensinamentos mais lindos até hoje. Ela compartilhou que certa vez, começou a fazer muitas perguntas ao meu Sikung Li Hon Ki que ensinou a ela, que primeiro antes de perguntar e obter a resposta de modo fácil, que se esforçasse e procura-se por seus próprios méritos e meios por sua resposta. Quando ela tivesse toda a informação necessária, ela poderia ir até ele que diria se ela estava indo pelo caminho certo ou não. Isso foi incrível, pois deste ponto de vista ela não receberia mais somente uma resposta, agora ela poderia discutir a respeito, aprender de forma mais eficaz e valorizar tudo que aprendeu.  Este ensinamento eu guardo e sigo até hoje! Até que fabriquemos nosso primeiro facão chinês, nossa lembro como se fosse hoje! Levamos 6 meses para conseguir aprontar o Niuweidao da forma que deveria ser.

  

Em seguida, fabricamos mais um leva de armas para um curso de adagas duplas que minha Mestre ministrou aqui em Fortaleza, e criamos pela primeira vez algo em quantidade, 25 pares de Shuang Bishou. Ficaram realmente lindas, minha Mestre amou as adagas toda Full Tang e com acabamento impecável de lâmina. Até então não tínhamos em mente fabricar de forma profissional nossas armas. Minha Mestre passava todas as informações para mim e meu Sifu que encomendava as armas para os cursos ministrados.

Chegou a Pandemia, minha esposa Juliane sempre falava que eu anuncia-se as armas nos sites para conseguir melhorar a renda e assim quem sabe colocar o negócio para frente. Até que meu sócio, Fco Filho, começou a enfatizar muito a respeito das armas e comentou o que era necessário  para começarmos a fabricar as armas. E então começamos a investir e fabricar as armas anunciando e vendendo, o cliente nos informa qual arma desejada que fabricamos sob medida para que assim possa ter uma arma única e personalizada, fabricada realmente para ele. Se hoje estamos aqui foi por total dedicação dessas pessoas maravilhosas, minha esposa Juliane Macedo e meu sócio e amigo Fco Filho e todo o esforço empregado por meu pai e sócio Carlos Alberto.

Hoje atendemos diversas escolas de Kung fu e atletas marciais no país, sempre levando o melhor para nossos clientes melhorando em todos os aspectos da vida marcial. Todas nossas armas são fabricadas sob conceitos históricos de cada arma, medidas e pesos e características visuais são conservadas ao máximo. Isso leva para nosso cliente o prazer de ter em mão um equipamento tradicional que possibilita ter treinos reais e objetivos, melhorando ainda mais sua técnica.

Primeiro Niuweidao fabricado pela Viver Marcial para um sidai da Escola Punhos Unidos
NOSSA EQUIPE
1630985115318.jpg
IMG_20200822_152410.jpg
Francisco Filho.jpg
MESTRE RENATA.jpg
Carlos Alberto

Sócio Co-Fundador da Viver Marcial, Armeiro e Cuteleiro, Faixa Preta de Karatê Shotokan.

 

Carlos Macêdo

Fundador da Viver Marcial, Faixa Preta em Kung Fu Hung Gar, estudante e pesquisador da Cultrura Oriental, Auxiliar de Cutelaria, Diretor de Marketing da FCKW, Diretor de Eventos da Liga Cearense de Hung Gar. 

Francisco Arruda

Praticante e apreciador das artes marciais em geral e com suas demais armas e histórias, tendo praticado os demais estilos ao longo dos anos entre diversas diferentes graduações  e atualmente praticante de Hung Gar.

Possui bacharelado em administração, e graduação em engenharia e economia. Atuando no marketing, finanças e análise de pesquisa e conjuntura nas decisões.

 Ajudando nos conhecimentos e complementado nos esforços para melhorar cada vez mais a Viver Marcial.

Renata Balestrini

Autora do “Livro da Hung Gar – Um Caminho para o aperfeiçoamento pessoal”  Iniciou seus estudos no Kung Fu Hung Gar aos 7 anos de idade em São Paulo. Aos 14 anos passou a ser discípula direta do mestre Li Hon Ki, obtendo treinamento avançado. Em 1999, após passar um período em Pequim e Hong Kong desenvolvendo treinamentos sofisticados de Hung Gar, foi convidada a fazer demonstração de espada (sua especialidade) na importante festa anual de Lam Jo, evento que conta com a presença de representantes de mais de 30 países.